terça-feira, 31 de maio de 2011

Teus olhos Mar de promessas Esmeraldas que enfeitiçam Minha vaidade Teu corpo Desejos sem fim Alimentam minha luxuria Teus beijos ardentes Molham meus lábios Matam minha sede Saciam minha gula Perdida de amores Entrego - me a chama da paixão Salva - me se puderes Ou deixe - me se quiseres. Dos três pecados que cometo Por nenhum peço redenção Sofrerei até a morte Vivendo esta doce ilusão.

 Nina Linhares

Um comentário:

  1. Obrigada por dar-me os creditos... =D
    Estou seguindo

    Abraços

    Nina

    ResponderExcluir