quinta-feira, 28 de julho de 2011

A imperfeição é bela, a loucura é genial e é melhor ser absolutamente ridículo que absolutamente chato.